Dieta Cetogênica, Cardápio, Alimentos, Emagrece Rápido

Dieta cetogênica é garantia de perda de peso rápido

Às vezes, a quantidade de cetona em nosso sistema sanguineo pode aumentar além do que é coniderado normal. Neste estado, você está no chamado estado metabólico da cetose. Estar no estado cetogênico simplesmente significa que o metabolismo da energia lipídica não sofreu nenhuma alteração. Neste ponto, seu corpo se volta para sua gordura corporal para produzir energia necessária para manter as funções corporais funcionando. Uma dieta cetogênica refere-se a qualquer refeição que oriente seu corpo para queimar gordura para a produção de energia. Ela vem com prós e os contras.

A dieta cetogênica tem sido usada para tratar diferentes problemas de saúde. Inicialmente para controlar e prevenir convulsões e crises de epilepsia. Também para acelerar a perda de peso e no tratamento do câncer.

A dieta cetogênica consiste em uma redução drástica de carboidratos na alimentação, que participarão apenas de 10 a 15% das calorias diárias. Para compensar essa redução, deve-se aumentar o consumo de gorduras e proteínas (em 30%).

Lembre-se de não iniciar uma dieta cetogênica antes de conversar com seu médico ou nutricionista. O acompanhamento médico é necessário para prevenir problemas como queda da glicemia e aumento colesterol.

Alimentos Permitidos

Carne, peixes, ovos, presunto, linguiça, bacon, azeite, óleos, manteiga, margarina, queijos, creme de leite e iogurtes sem açúcar, amendoim, noz, avelã, castanha, frutas, legumes e verduras, sementes como linhaça, chia, girassol, molhos como maionese e mostarda.

Alimentos Proibidos

Arroz, macarrão, milho, feijão, soja, ervilha, grão-de-bico, farinha de trigo, aveia, pão, torradas, batata, bolos, doces, biscoitos, chocolate, açúcar e adoçantes, achocolatado em pó, leite, pizza, lasanha, iogurtes com adição de açúcar.

Prós da dieta cetogênica

– Gorduras ardentes: seguir a dieta cetogênica, melhora a capacidade do seu corpo para utilizar  a gordura armazenada para a produção de energia. A capacidade do seu corpo de converter gordura em combustível diminui se você consumir uma refeição rica em carboidratos. No entanto, no estado de cetose, seu corpo não tem outra opção além de transformar gorduras por combustível.
– Eliminação de cetonas: quando em estado de cetose, seu corpo já não precisa de cetonas e, portanto, tem que ser excretado através da urina como produto residual. Desta forma a gordura corporal será eliminada na urina. A melhor coisa sobre isso é que seu corpo não precisa mais armazenar substratos de energia para uso futuro.
– Proteção da proteína: suponhamos que você ingere uma quantidade adequada de proteínas e calorias na sua dieta. Quando seu corpo está no estado de cetose, ele iria usar cetonas em vez de glicose. Como seu corpo contém grande quantidade de gordura, não haverá necessidade de oxidação da proteína para produzir glicose através de um processo conhecido como gluconeogênese. Isso significa que a proteína será usada em outras funções em seu corpo.
– Reduz os níveis de insulina: uma diminuição nos níveis de insulina no seu sistema promove lipólise e liberação de glicerol. Isso contrasta com a ingestão de uma dieta normal quando os níveis de insulina aumentam. Níveis elevados de lipólise no bloqueio de insulina inibem o uso de gorduras para a produção de energia. Além disso, baixos níveis de insulina favorecem a liberação de hormônios, como o hormônio do crescimento.
– Diminui o apetite: no estado de cetose, você tem menos probabilidade de sentir fome. Você pode sobreviver com uma dieta com baixas calorias e não vai sentir fome como quando você consomia refeições ricas em carboidratos.

Contras da dieta cetogênica

Embora os benefícios da dieta cetogênica superem as desvantagens, alguns especialistas em saúde argumentam que ela apresenta alguns pontos negativos que incluem:

– Fadiga e nevoeiro cerebral (brain fog): quando você inicia uma dieta cetogênica, é provável que você experimente fadiga e nevoeiro cerebral durante as primeiras semanas durante a mudança metabólica. No entanto, seu corpo terá mais energia uma vez que se acostume a fabricar cetonas como a principal fonte de energia.
– Lipímetro de sangue alterado: esta é uma grande preocupação entre as pessoas que seguem a dieta cetogênica devido às flutuações nas quantidades de gordura na dieta. No entanto, a dieta pode ser focada em comer gorduras saudáveis ​​em vez de somente ovos, manteiga ou bacon. As estatísticas indicam que a alteração no perfil lipídico do sangue diminui os níveis de colesterol em algumas pessoas, enquanto aumenta em outras.
– Deficiências de micronutrientes: devido à restrição de carboidratos na dieta cetogênica, podem resultar em deficiências de micronutrientes. Para evitar que isso aconteça, você deve se concentrar em tomar suplementos multivitamínicos/minerais de alta qualidade duas vezes por dia. Além disso, use suplemento de fibra para garantir que seu sistema digestivo permaneça saudável durante todo o período.
– Cetoacidose: se o nível de cetonas no seu sangue subir muito, a cetoacidose pode ocorrer porque as cetonas são de natureza ácida. Isso significa que seu pH sanguíneo pode se tornar mais baixo, o que pode significar morte. No entanto, isso não deve ser uma grande preocupação se você não for diabético. Seus níveis de açúcar no sangue devem estar sempre sob controle e seu corpo só permitirá que uma certa quantidade de cetonas sejam produzidas. No entanto, se você é diabético, seu açúcar no sangue pode atingir 300-2000mg / dl do nível normal de 80-120. Consulte seu médico.

Cardápio da dieta Cetogênica

Dia 1

Café da manhã: 1 copo de chá verde + 2 ovos fritos na manteiga + 1 fatia de queijo coalho ou minas

Lanche da manhã: 10 castanhas de caju

Almoço/Jantar: 200g de carne + salada verde + 3 col de sopa de abacate + azeite

Lanche da tarde: 1 copo de abacate batido leite de coco ou amêndoas + 1 col de farinha de linhaça

Dia 2

Café da manhã: omelete feito com 2 ovos e recheio de legumes + 1 copo de suco verde

Lanche da manhã: 10 morangos + 2 col de sopa de creme de leite

Almoço/Jantar: 200 g de frango com pele + 20 castanhas de caju + salada de legumes com azeite e gergelim

Lanche da tarde: 2 ovos fritos na manteiga + 1 fatia de queijo coalho ou minas

Dia 3

Café da manhã: 1 copo de abacate batido com iogurte natural e chia

Lanche da manhã: 2 fatias de mamão + 1 col de pasta de amendoim

Almoço/Jantar: 2 postas de peixe ao forno com legumes e azeite + molho 4 queijos

Lanche da tarde: 2 ovos mexidos com cogumelos e chia + 1 copo de chá verde

A dieta cetogênica pode ser uma ótima maneira de perder peso para algumas pessoas, mas não é para todos. Embora mais benefícios do que desvantagens, é aconselhável consultar o seu médico antes de iniciar a dieta.





Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *